Comissão da OAB/RJ acompanha caso do médico que matou cachorros

O advogado Reynaldo Velloso, presidente da Comissão de Proteção e Defesa dos Animais OAB/RJ, esteve na 12ª DP (Copacabana) na tarde desta quinta-feira para acompanhar o andamento do processo contra o médico que jogou dois cães, das raças pastor alemão e poodle, do sexto andar de um prédio em Copacabana, na quarta-feira.
Segundo Reynaldo Velloso, os membros da comissão vão fiscalizar o cumprimento da lei e esperam que o homem, encaminhado para o Hospital Pinel, tenha o mínimo de punibilidade. Para Reynaldo, a lei tem penas muito brandas para os casos de maus tratos contra animais.
“Lamentamos que a pena nestes casos é pequena, de 3 meses a 1 anos de prisão. Uma das lutas da comissão é para que seja modificado o artigo 32 da lei 9.605, com aumento da pena para de de 1 a 5 anos”, comentou o advogado.
Fonte:  Site da OAB/RJ