Após a divulgação de um vídeo em que um homem com uma criança no colo chuta um gato em um hipódromo, a Polícia Civil iniciou uma investigação para apurar o caso de maus tratos. De acordo com Reynaldo Velloso, presidente das Comissões de Proteção e Defesa dos Animais da OAB/RJ e da OAB Nacional, a agressão ocorreu no fim na semana passada no Jockey Clube da Gávea, na Zona Sul do Rio.

— Esse registro de ocorrência está sendo feito por determinação minha, porque uma policial da nossa delegacia tomou conhecimento do vídeo. Essa pessoa que aparece nas imagens ainda não foi identificada, mas estamos fazendo um ofício para a diretoria do Jockey para saber quem ele é — explicou a delegada Monique Vidal, titular da 15ª DP (Gávea).

Em seguida, bichinho capota, bate no muro e, assustado, salta para se distanciar. O homem tenta segurá-lo, mas se distrai com uma mulher que parece falar com ele. Ela e outros dois homens assistem à agressão. No Facebook, o vídeo chegou a quase 2 mil visualizações 4 horas após a publicação e revoltou os internautas.

“O gatinho foi levado para o ambulatório felino do Clube e, segundo relatos, está com problemas neurologicos irreversíveis em consequência da agressão. Iremos acompanhar este caso com lupa. Já estou solicitando uma reunião da Comissão com a direção da instituição. O Abrigo Associação Quatro Patinhas, através da presidente, já me ligou e está à disposição para abrigar o felino com carinho”, escreveu Velloso.

Fonte: Jornal Extra – 01/11/2019.

Disponível em: https://extra.globo.com/casos-de-policia/policia-investiga-caso-de-maus-tratos-gato-no-jockey-club-da-gavea-24057656.html?fbclid=IwAR3zGvx316-AHQnIpTbgGEQpUwEj4xZmYiotses4SFXwTxSLMArtzASkjY8