Neste momento o Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista, está sendo totalmente destruído.
A instituição de pesquisa mais antiga do Brasil, com 200 anos, onde inclusive fiz estágio na minha primeira formação, em biologia, não possuía aparelhos e sistemas contra incêndio. Tudo abandonado: paredes com cupins e zero de recursos.
Dezenas de anos de pesquisas no lixo. Mais de 20 milhões de peças do acervo histórico perdidas.
Somos uma vergonha para o mundo.
No país da roubalheira, as únicas saídas continuam sendo o Aeroporto Internacional ou uma revolução civil. Somos uma sociedade destinada ao fracasso.

Em 2/9/2018.