Três caçadores foram devorados por leões ao entrar em uma reserva na África do Sul no início deste mês. Eles estavam fortemente armados com rifles de caça, machados e comida suficiente para vários dias. Segundo funcionários do Sibuya Game Reserve, o plano seria matar vários rinocerontes da região.

Veja o texto:

Três caçadores foram devorados por leões ao entrar em uma reserva na África do Sul. O grupo não possuía autorização e estavam lá para matar rinocerontes, segundo o portal “Mirror”.

Funcionários do Sibuya Game Reserve, uma das mais populares na costa leste do país, encontraram os restos humanos na última terça-feira (3). Foram iniciadas buscas por possíveis outras vítimas dos felinos.

 Um veterinário teve que usar tranquilizantes em seis leões para que a polícia pudesse entrar e recuperar os restos mortais dos caçadores.

Segundo o proprietário do local, Nick Fox, de 60 anos, há suspeita de que o grupo estivesse atrás de todos os rinocerontes da reserva. “Eles estavam fortemente armados com rifles de caça, machados e comida suficiente para vários dias”, contou em entrevista ao portal.

Fonte: Jornal Metro  –  5/7/2018.

Disponível em: https://www.metrojornal.com.br/foco/2018/07/05/cacadores-devorados-leoes-africa-do-sul.html