Nos últimos anos o celular tornou-se um aparelho que mantemos por perto quase 24 horas por dia. Mas muita gente se esquece de que sendo um dispositivo eletrônico, ele pode oferecer riscos em certas circunstâncias, como é o caso de uma explosão da bateria. Apesar de ser algo relativamente incomum, pode ocorrer.
A explosão de um celular acontece quando há superaquecimento da bateria. Como o periférico é projetado para aguentar até 135ºC, quando passa dessa temperatura ele pode explodir.